Hilux ou Amarok?

Quem leva a melhor?

  • Desempenho 0
  • Consumo 0
  • Segurança 0
  • Estabilidade 0
  • Acabamento 0
  • Espaço Interno 0
  • Porta-Malas 0
  • Custo / Benefício 0

Duas picapes de peso que não negam a força que têm, mas nós gostamos mesmo é de competição e queremos a resposta, quem leva a melhor no comparativo entre Hilux e Amarok? Nós sabemos que elas têm suas diferenças e pegamos os dois modelos que mais acirram a briga, pela Hilux o representante é o modelo SRX 2016, 2.8 turbo, 4x4. Do outro lado do ringue a Amarok Highline 2016, 2.0, 4x4. As duas com câmbio automático e versões top de linha.

A primeira grande porrada já vem na diferença de preços, enquanto a Hilux beira os R$190.000,00, a Amarok fica com a melhor por cerca de R$170.000,00, ambas têm garantia de três anos. Para continuar a disputa, o quesito design interior não chama muita atenção, as duas são revestidas por plásticos rígidos, mas a Hilux tenta disfarçar com pontos de costura falsos – que imitam um acabamento em couro e muito cromado para todo lado. A Amarok preferiu investir num visual mais clean e sóbrio.

ROUND 1 – O INTERIOR

Os comandos básicos do motorista ficam bem acessíveis nas duas camionetes, mas a Hilux ganha pontos pelo ajuste de altura e profundidade do volante. O conforto é um ponto importante nesse duelo, na Amarok os passageiros conseguem esticar mais as pernas, mas não articula tanto o joelho. A Hilux perde feio nessa, como a maioria das picapes médias seu espaço é mais limitado para movimentos.

Outra baixa para o modelo da Toyota é a central multimídia, lerdo e irritante. Outro ponto para a Volkswagen, sua central tem comandos fáceis e ágeis, mas peca por não ter GPS incluso, o item é opcional pela “bagatela” de R$ 3.000,00 – compensa comprar fora da agência.

2º ROUND – NA PISTA

Não dá para entrar nessa briga e não ficar curioso pelo desempenho nas ruas que elas têm. A Amarok tem uma pinta de sedã e supera mais uma vez a Hilux, mesmo com sua mudança na suspensão para diminuir vibrações e ondulações – mesmo confortável, não foi dessa vez Toyota.

Mesmo com um motor grande 2.8 e 177 cavalos, a Hilux perde (mais uma vez!) no quesito potência, fazendo de 0 a 100km/h em 11,8 segundos, enquanto a Amarok – com seu motor 2.0 e 180 cavalos de potência – faz em 10,9 segundos.

No quesito transmissão automática, as duas se dão bem e esquivam de um golpe pesado, o modelo da Toyota conta com seis marchas que dão conta do recado e muita força para a Hilux, já a Amarok com suas oito marchas se move com facilidade tanto no campo quanto na cidade.

3º ROUND – CARGA PESADA

          Carregar peso é a primeira função dessas picapes, a Amarok tem uma caçamba com maior capacidade, 1.280 litros, a Hilux fica para trás com apenas 1.000 litros, mas a camionete da Toyota dá o golpe final e traciona até 3,5 toneladas! A Amarok consegue levar até 2,8 toneladas. No final da briga, a disputa se equipara, em carga útil quase não há diferença, 1.000 kg para a Hilux e 1.017 kg para o modelo da Volkswagen.

O VEREDITO

          A Hilux tem sido uma das líderes de mercado, atrás apenas da S10 (modelo da Chevrolet e pauta para uma próxima edição), e teve algumas mudanças significativas ao longo de dez anos, já a Amarok pouco mudou desde que foi lançada, mas tem uma nova geração a caminho em 2018. Apesar de ficar para trás no quesito vendas, a Amarok é quem leva o cinturão da rodada.

DADOS HILUX:

- Preço: R$188.120,00

- Velocidade máxima: 180km/h

- Potência: 177 cv a 3400 rpm

- Torque: 45,9 kgfm a 1600 rpm

- Consumo

          * Cidade: 9km/h

          * Estrada: 10,5km/h

DADOS AMAROK:

- Preço: 169.440,00

- Velocidade máxima: 179km/h

- Potência: 180 cv a 4000 rpm

- Torque: 42,8 kgfm a 1750 rpm

- Consumo

          * Cidade: 8,8km/h

          * Estrada: 10,8km/h

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA AUTOMAIS FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista Automais © Todos os direitos reservados

Automais na web:

Mudar minha localização