A vez dos banheiros

Espaço assume novos papeis na rotina da casa e novas tendências emergem

Quando pensamos no projeto de uma casa é natural que foquemos, primeiramente, naquelas áreas de comum acesso, onde receberemos nossos convidados, e também nas de descanso, em que queremos relaxar após um longo dia de trabalho. No entanto, há um outro espaço que vem ganhando a cada dia mais a atenção – merecida – no mundo da arquitetura e da decoração: é o banheiro!

Seja nas primeiras atividades matinais, nos arrumando para o trabalho ou para um grande evento, tomando um banho relaxante após uma longa jornada, fazendo a barba ou caras e bocas para o espelho, o banheiro assumiu um papel muito maior do que o seu original em nosso dia-a-dia e hoje é, sem dúvidas, um dos cômodos de maior dinâmica na casa.

Por isso, projetá-lo de maneira a responder aos anseios e necessidades dos que na casa habitam é importantíssimo para a manutenção do ritmo de vida desses moradores. O cômodo, portanto, aparece agora como projeto prático para o uso diário, mas que ao mesmo tempo destaca-se com decoração conceitual. E, nesse sentido, funcionalidade e beleza têm andado lado a lado.

 

Estética e funcionalidade

Em pesquisa realizada pela Hettich, fabricante de ferragens e acessórios para móveis, foram levantados os cinco maiores desejos para o espaço e os resultados foram: prático e conveniente, fácil de limpar, organizado, arrumado e que o design transmita ao ambiente uma atmosfera de bem-estar. Entre os quesitos que mais incomodam os pesquisados em seus banheiros estão a suscetibilidade à sujeira, falta de lugar para armazenamento e pouco espaço físico. Os entrevistados apontaram, ainda, que o armário ideal para este ambiente deve ter espaço para guardar toalhas, utensílios de limpeza e papel higiênico, além de cosméticos.

As arquitetas Olga Bergamini, Karin Neitzke e Danielle Bragagnolo, do escritório Olga Bergamini Arquitetura, explicam que os banheiros com muito espaço podem fazer o papel de verdadeiras salas de relaxamento. Além de banheiras confortáveis, podemos usar recamiers, pufes ou bancos. Se o box for fechado até o teto e o vapor controlado até mesmo uma televisão pode ser usada. Ou seja, o ambiente tem ido muito além do trio pia+vaso sanitário+chuveiro.

Segundo as arquitetas, entre os materiais mais utilizados hoje estão o porcelanato e os revestimentos de parede em grandes formatos ou também tijoletas e pastilhas para detalhes. As cores claras quase sempre têm preferência para dar maior amplitude a esses espaços, além de sugerirem limpeza. “Detalhes coloridos devem ser usados com moderação para que o banheiro permaneça por mais tempo ‘na moda’. Detalhes muito marcantes tendem a ser odiados pelos moradores com o passar dos anos”, dá a dica a arquiteta Olga.

Cubas e metais diferenciados estão em alta, porém, deve ser levada em consideração a praticidade do uso diário dessas peças. Escolher as louças sanitárias adequadas ao tamanho do espaço é muito importante. Olga dá algumas dicas pontuais: “Bacias sanitárias muito grandes em ambientes pequenos não funcionam. As cubas também devem ser muito bem escolhidas, as de semi-encaixe são úteis para banheiros estreitos. Cubas esculpidas também resolvem problemas de espaço. A caixa acoplada pode ser substituída por caixa embutida na parede. Um box com boa largura, não precisa ter grande profundidade.”

Os armários sob a bancada também são úteis, mas devem atender as necessidades de quem os usa: “Muitas pessoas preferem apenas nichos com algumas gavetas, outras já querem um armário completo com portas e caixa para roupa suja”, relata a arquiteta. Ela ainda complementa: “Um bom banheiro deve ter acessórios adequados e vários cabides. Um aquecedor de toalhas é muito útil.”

Vasos com plantas, flores, garrafinhas decorativas e até quadros (no caso de haver um boudoir) também são muito bem-vindos como elementos como decoração nos banheiros. Para que a ambientação fique ainda mais funcional e bonita, além dos elementos decorativos deve-se fazer uma complementação com toalhas e tapetes combinando com os revestimentos.

Por falar em revestimentos, os materiais empregados em suas concepções são tão variados e bonitos que proporcionam aos banheiros a possibilidade de transitar do estilo mais casual até o mais luxuoso. No entanto, é muito importante se atentar às características dos revestimentos utilizados, especialmente na área do box – pisos escorregadios devem ser riscados da lista.

A iluminação correta também é importantíssima. Ela deve ser implacável e mostrar todas as rugas, espinhas, barba, maquiagem etc. Boas opções são embutidos no forro com lâmpadas PAR20 que iluminem o topo da cabeça e arandelas funcionais para iluminar as laterais do rosto. Recomenda-se um ou dois pontos embutidos no box e outro iluminando a área da bacia sanitária. Iluminação azul, âmbar ou RBG pode ser usada sobre a banheira ou box com interruptor independente próximo ou acionado por dispositivo de automação. Os circuitos devem possibilitar o acendimento opcional de certos pontos a fim de proporcionar mais relaxamento na hora de um banho, por exemplo.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA DECORARQ FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista Decorarq © Todos os direitos reservados

Decorarq na web:

Mudar minha localização