DESIGN ESCANDINAVO

O estilo é uma tendência sofisticada e funcional

Leveza! Essa é a palavra que define esse conceito de decoração que tem ganhado muitos fãs no mundo inteiro. O design escandinavo é um estilo de mobiliário e décor que surgiu no século 20 nos países nórdicos – Finlândia, Noruega, Suécia, Dinamarca e Islândia – com a intenção de tornar o design mais acessível e funcional, usando materiais de baixo custo e retirando os excessos do desenho dos móveis e da decoração.

As linhas retas e o minimalismo são pontos fortes desse estilo que, além da leveza, tem uma elegância, certa jovialidade e frescor. “Uma das suas principais características é o aproveitamento máximo dos tons neutros como branco, creme, cinza e nudes, sempre considerando a valorização do espaço pela luz do sol. Marca a presença também uma certa simplicidade e funcionalidade; uma mistura da estética sofisticada com elementos naturais”, explica o arquiteto Nildo José, que se inspira estilo nórdico para criar alguns dos seus projetos, como esse apartamento em Nova York.

A madeira clara no piso, as janelas grandes – permitindo a entrada de bastante luz no ambiente – os móveis com design minimalista, mantas e almofadas, também são características elementares desing escandinavo, que pode ser usado em todas as partes da casa.

As paredes são sempre brancas e as cores ficam por conta dos móveis e dos objetos. “Deve-se privilegiar aqueles móveis sem excessos e informações, com design "puro" e elegante. Para reforçar ainda mais esse estilo, priorizar peças do design nórdico, mesclando-a com o design brasileiro, pode ser uma excelente aposta”, Nildo dá a dica.

A vegetação também pode ser um ponto chave para quebrar a monotonia do preto e branco. Vasos com os galhos retorcidos, plantas altas como o ficuslyrata, ou também conhecida como figueira-lira, reforçam o estilo escandinavo quando bem empregadas. Esse é um recurso usado pela arquiteta Ana Carolina Franca em um dos seus projetos que carrega a referência nórdica. “Por ser um estilo bem minimalista e com muito branco, os ambientes podem acabar ficando frios e as plantas trazem muita vida para o espaço. Plantas pendentes são bastante utilizadas, assim como plantas em vasos com desenhos geométricos ou de concreto”, destaca a arquiteta.

Apesar de abusar bastante da incidência da luz solar, a utilização de muita luz indireta e peças decorativas podem auxiliar na leitura, além de deixar os ambientes ainda mais confortáveis e acolhedores. “O design escandinavo costuma dar muita importância para pendentes e luminárias de chão, já para iluminação geral são utilizados normalmente trilhos no teto, brancos ou pretos”, explica Ana Carolina.

Para quem gostou de conhecer o conceito e resolveu buscar inspirações, além dessas, para começar a decorar a casa, a dica é pesquisar e se lembrar sempre de incorporar detalhes que trazem um pouco da sua personalidade para o ambiente. É o que vai garantir que o seu cantinho seja todo especial e o lugar mais aconchegante do mundo para você!

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA DECORARQ FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista Decorarq © Todos os direitos reservados

Decorarq na web:

Mudar minha localização