Iluminação nos trilhos

Solução prática e de melhor custo benefício para espalhar luzes pelo teto

Sempre estamos buscando trazer o que é novidade e tendência na arquitetura e decoração para inspirar os nossos leitores e, dessa vez, não poderia ser diferente. A iluminação em trilhos, inspirada no estilo industrial, é uma forte tendência que propõe flexibilidade nos projetos luminotécnicos, garantindo beleza e eficiência.

Optar por uma iluminação como essa pode trazer muitas vantagens, principalmente porque ela se adequa às necessidades de cada espaço, além de ter um processo de instalação menos trabalhoso. Os trilhos recebem os spots ou refletores, que são capazes de direcionar a luz para os locais que precisam de mais claridade, usando apenas um ponto de luz do teto.

A arquiteta Karina Kawano e a designer de interiores Denise Maruishi, da Artd3 Arquitetura & D3sign, explicam que a opção de trilhos de iluminação gera versatilidade em sua aplicação. Nesse quarto projetado por elas, os spots garantem luminosidade direta e indireta, deixando o ambiente agradável e confortável. “Com o trilho eletrificado e diferentes tipos de lâmpadas é possível levar a claridade exatamente aonde se precisa, proporcionando múltiplos efeitos de luz”, relata Karina.

Esta solução é bastante utilizada nos casos em que não há a possibilidade de rebaixamento com forro, o que acaba evitando também gastos em excesso e a sujeira desnecessária da obra. Por isso, os spots embutidos são utilizados para manter o pé direito mais alto ou para explorar um conceito estético, e existem vários modelos de trilhos e luminárias que podem favorecer um projeto que tenha um estilo mais industrial e despojado.

Utilizar essa tendência também explora a infraestrutura disponível para traçar a melhor solução luminotécnica, como explica o arquiteto Tiago Campetti, do Estudio Campetti, que utilizou o recurso em seu escritório de arquitetura. “O pé direito muitas vezes é uma condicionante forte para definir o resultado de iluminação. A sala de projetos que criamos, por exemplo, possui circuitos com trilhos que direcionam a luz para a parede, formando uma iluminação suave que é complementada pelos tubos de Led suspensos”.

E tem mais um detalhe: já que os trilhos podem ser instalados depois da obra já pronta, eles oferecem a flexibilidade de movimentá-los pelo teto, apontando o sentido para onde se deseja direcionar a luz. É uma iluminação que acompanha as mudanças!

Para a instalação são necessários apenas o trilho eletrificado, luminárias de foco e as lâmpadas para elas. “Eles são vendidos normalmente com um ou dois metros de comprimento e nele pode-se conectar vários spots com lâmpadas diferentes. Por terem comprimento limitado, na necessidade de maior comprimento ou mudança de direção da iluminação, pode-se usar conectores, o que permite flexibilidade na distribuição de spots no teto”, explica Tiago.

Já deu para perceber que para usar a iluminação em trilhos, os projetos arquitetônicos precisam ter muita personalidade e ousadia. Se o seu projeto tiver uma pegada mais industrial, o ideal é optar por trilhos que contrastem com a cor do teto – se o for branco, escolha equipamentos na cor preta. Mas se a ideia for fugir da decoração com o estilo industrial para algo mais clássico, prefira aqueles que tem a cor semelhante com a do teto para não chamar atenção para a iluminação.

Pensar onde os móveis serão posicionados antes de instalar os trilhos de luz no teto também é algo muito importante, isso porque a iluminação vai cumprir a sua função de auxiliar na execução de tarefas, além de dar destaque à decoração.

As fotos mostram que os trilhos trazem o ar de autenticidade para os projetos de interiores e, muito além da beleza que eles agregam ao ambiente, oferecem uma instalação extremamente fácil e agilizam o processo de acabamento, sem contar que é uma opção que não pesa muito no orçamento!

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA DECORARQ FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista Decorarq © Todos os direitos reservados

Decorarq na web:

Mudar minha localização