2 em 1

O resultado do projeto desses dois apês é incrível

Só de olhar as fotos já deu para perceber que esse projeto é realmente impecável e, logo de cara, você pode pensar que é uma casa, mas na verdade são dois apartamentos em um só.

Os donos desse imóvel moravam nos arredores de São Paulo quando seus filhos eram pequenos, pois precisavam de espaço para eles brincarem. Agora, com os filhos já adolescentes, a família optou por voltar para o centro de São Paulo para estar mais próximo de seus compromissos e atividades, mas sem abrir mão de morar em uma casa confortavelmente grande.

O projeto de integração desses dois apartamentos novos, que juntos ocupam 470m² – localizado na Avenida Cidade Jardim, em São Paulo – foi executado pela Korman Arquitetos. O conceito escolhido para nortear o projeto foi o contemporâneo com design moderno e peças de antiquário. O pedido principal dos clientes foi que um dos imóveis pudesse contemplar todas as áreas sociais e, o outro, fosse destinado para as áreas íntimas.

Os moradores são médicos que adoram receber os amigos e família em casa. Além disso, são amantes de design, por isso escolheram um mobiliário de época assinado - algumas peças são de mobiliários chineses antigos adquiridos em antiquários, que são herança do casal.

E por falar em herança, o preto, o vermelho e o branco foram as cores escolhidas para paleta de decoração de interiores, pois eles queriam relembrar a origem da família, que é de Macau, na China. De acordo com os arquitetos responsáveis por esse projeto, o mobiliário tem a predominância de cor é o off white com pitadas de vermelho, dando destaque para o acervo de obras de arte dos donos do apartamento.

Para unificar todos os ambientes, a Korman Arquitetos precisou redesenhar completamente o projeto dos apartamentos e as paredes que dividiam os dois também foram abaixo. Quatro dormitórios de um dos apartamentos foram transformados em copa e cozinha, e o que antes era a cozinha nesse mesmo imóvel se transformou na área de serviço e sala de TV para as funcionárias do apartamento. Já a cozinha e área de serviço do outro apartamento foram transformadas em uma suíte na área intima.

O grande desafio dos arquitetos foi repensar grande parte da hidráulica, bem como a elétrica, de forma que atendesse as necessidades dos clientes e viabilizasse a disposição do mobiliário proposto no projeto.

No projeto luminotécnico foram usados diversos tipos de lâmpadas de led, iluminação decorativa de design com lustres assinados ou de antiquário, além de luminárias do tipo Olhos de Moscou que dão destaque as obras de arte. Todos os ambientes receberam o que há de mais moderno em tecnologia: automação, áudio e vídeo e rede.

Não há porta de entrada nesse apartamento. O hall já é acoplado à sala e ao terraço num só ambiente, deixando amigos e família deslumbrados logo ao entrar no apartamento, que oferece abertura total para apreciar a vista, espaços amplos, claros, com muito requinte e bom gosto.

Fotos: Gui Morelli

 

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA DECORARQ FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista Decorarq © Todos os direitos reservados

Decorarq na web:

Mudar minha localização