DIET X LIGHT

Termos ainda confundem consumidores

DIET

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece que alimentos sólidos e bebidas diets são aqueles destinados a dietas com restrição de nutrientes (tais como carboidratos, gorduras, proteínas, sódio) e de ingestão controlada de açúcares, podendo, sim, auxiliar no controle de peso. Porém, embora ofereçam ausência absoluta de determinado nutriente, não são alimentos necessariamente menos calóricos ou gordurosos.

É o caso do chocolate diet, por exemplo. Todo o açúcar usado para a fabricação do chocolate comum é substituído por adoçante, tornando-o apropriado para o consumo de diabéticos, mas não sendo indicado para pessoas que querem reduzir calorias da dieta e muito menos àqueles com problemas cardiovasculares – que devem restringir o consumo de gordura. O engano se dá justamente pela interpretação do termo.

Muitas pessoas tendem a relacionar a palavra “diet” a algo que seja pouco calórico, o que nem sempre é verdade. A troca do açúcar por adoçante, por exemplo, modifica a textura do produto final. Para ajustar-se aos padrões habituais, então, os fabricantes acabam por adicionar mais gordura à fórmula. O que resulta num alimento com total de calorias basicamente igual ao do chocolate normal.

Há também o termo “zero”, cada vez mais empregado aos refrigerantes. Um dos mais famosos é o zero açúcar, que realmente tende a ser muito menos calórico do que a versão comum. Porém, pode por vezes conter maior teor de sódio, em função do uso de adoçantes que contenham sacarina ou ciclamato de sódio.

Assim, para não comprar “gato por lebre” é muito importante que o consumidor leia atentamente às especificações das embalagens, que, de acordo com regras da Anvisa, devem constar os nutrientes restritos na formulação e também os valores energéticos, tais como as calorias. Há, ainda, de se observar a diferença entre alimentos sólidos e líquidos diets “sem açúcares” e aqueles intitulados “sem adição de açúcares”.

A engenheira de alimentos e mestre em nutrição, Viviani Godeguez, explica: “Produtos diet sem açúcares são aqueles naturalmente adocicados, como sucos de frutas naturais ou néctares. Já os produtos sem adição de açúcares são os que em sua forma convencional são adoçados, porém, na sua versão diet não o são, como uma porção de granola, por exemplo.”

 

LIGHT

Os produtos lights são aqueles alimentos e bebidas com teor baixo ou reduzido de componentes e/ou calorias, porém, não isentos destes, como no caso dos diets. Dessa forma, não são desenvolvidos com a finalidade de atender a consumidores que possuam determinada restrição alimentar ou necessidade dietoterápica. Mas, sim, àqueles que buscam uma dieta mais leve.

Para ser considerado light, conforme explica Viviani, um produto deve ter no máximo 40 calorias a cada 100 gramas no caso dos sólidos e 20 calorias a cada 100 gramas no caso dos líquidos – conteúdo absoluto. Ou, ainda, se tiver redução mínima de 25% do valor energético e diferença maior do que a citada acima comparado a produção de similares convencionais – conteúdo comparativo.

Verifica-se, também, que um produto pode ser baixo ou reduzido em sódio ou em colesterol, por exemplo, e não ter, obrigatoriamente, o valor energético baixo ou reduzido em relação a produtos convencionais. Ou seja, o termo “light” não se refere exclusivamente à quantidade de calorias.

O conteúdo de nutriente e/ou valor energético do alimento com o qual se compara deve ser calculado a partir de um produto similar do mesmo fabricante; do valor médio do conteúdo de três produtos similares que sejam comercializados na região; ou de uma base de dados de valor reconhecido. 

Em alguns casos, por exemplo, quando se faz a substituição de açúcar por edulcorante, a quantidade do produto a ser utilizada para obter o mesmo resultado é realmente menor. Porém, o valor energético pode ser até 15% maior. “A melhor decisão é procurar um bom nutricionista e endocrinologista, visando a indicação de produtos adequados à sua dieta”, atenta a engenheira de alimentos, Viviani.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização