Alimentos orgânicos são mais saudáveis?

Alguns estudos indicam que não...

Se você compra alimentos orgânicos para se livrar dos agrotóxicos ou adubos químicos que são utilizados para cultivo dos alimentos convencionais – aqueles que compramos em supermercados – certamente está fazendo uma boa escolha. Mas talvez não exista nenhuma diferença entre eles, em termos nutricionais. “Existem pesquisas que não encontraram nenhuma diferença ou superioridade no valor nutricional dos alimentos orgânicos em comparação aos tradicionais”, revela a nutricionista Lara Nattaci, doutoranda em educação e saúde pela USP e também consultora do programa Bem-Estar da Rede Globo.

No cultivo orgânico é usado, exclusivamente, material vegetal e animal, como por exemplo composto de húmus de minhoca e de esterco curtido. “Em um solo orgânico há mais micro-organismos que produzem algumas substâncias (como o citrato e o lactato) que, por sua vez, se combinam com os minerais do solo, tornando-os mais biodisponíveis para a raiz da planta”, explica Lara.

A nutricionista ainda explica que alguns estudos encontraram uma maior quantidade de nutrientes nos alimentos orgânicos, como a vitamina C, o ferro, magnésio, potássio, além dos compostos antioxidantes, mas destaca que ainda são necessários mais estudos científicos diferenciados sobre esse assunto.

O que diferencia positivamente os alimentos orgânicos dos convencionais é isenção total de defensivos agrícolas que, de acordo com Lara, se houver uma ingestão excessiva, acima de valores de referência estabelecidos, podem trazer alguns males para a nossa saúde. “Os sintomas mais comumente observados na intoxicação são náuseas, tonturas, dores de cabeça ou alergias a lesões renais e hepáticas, alterações cromossomiais, doença de Parkinson, entre outros. Essa ação pode ser percebida de maneira clara, contundente, imediatamente após o contato com o produto (os chamados efeitos agudos) ou depois de algum tempo - semanas ou anos, por exemplo, são os chamados efeitos crônicos”, esclarece.

**OLHO: “Segundo a Organização Mundial de Saúde, há 20.000 mortes por ano em conseqüência da manipulação, inalação e consumo indireto de pesticidas nos países em desenvolvimento” – Lara Nattaci

Os alimentos orgânicos não oferecem valores nutricionais tão significativos se comparados aos convencionais. Mas, de maneira geral, eles fazem bem para a saúde e também são sustentáveis, “por estimular uma maior consciência e respeito ao meio ambiente, além do consumo local com a produção feita por pequenos produtores. Podemos considerar esse cultivo sustentável”, pontua a nutricionista.

Algumas pessoas que não têm acesso ou condições de comprar alimentos orgânicos, até por serem um pouco mais caros, podem, sim, colocar os alimentos convencionais no carrinho do supermercado, desde que tenham atenção para os cuidados na hora do preparo das refeições. Lara Nattaci preparou algumas dicas fáceis e rápidas de higiene para eliminar os agrotóxicos dos alimentos antes da ingestão. Confira no quadro!

 

              Como higienizar corretamente os alimentos

  • Mantenha as mãos e os utensílios sempre limpos
  • No armazenamento, separe os alimentos crus dos cozidos
  • A água para cozinhar deve ser filtrada ou fervida
  • Antes de ingerir frutas, verduras ou legumes crus, lave-os em água corrente, de preferência com sabão, para eliminar alguns agrotóxicos superficiais
  • Friccionar o alimento com o auxílio de uma escovinha também ajuda
  • Deixe o alimento de molho em uma solução com 10% de vinagre por pelo menos 10 minutos (para 1 litro de água, coloque 100 ml de vinagre)
  • Para os vegetais, uma solução 1 colher de sopa de hipoclorito ou água sanitária para cada litro de água

Fonte: Lara Nattaci - www.dietnet.com.br

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização