Peixe Betta

O peixe brigão

Ele é bonito, esperto e tem uma variedade de cores que encanta. Mas não se deixe enganar: o Betta é sim um dos peixes mais fascinantes da vida aquática e muito procurado para aquários caseiros pela sua beleza e pelo baixo custo de manutenção, porém este peixe também é muito conhecido pelo seu humor nada agradável e pela sua harmoniosa solidão. Sendo assim, nunca tente arrumar uma companheira para seu peixe, pois até nos encontros amorosos - hora de fecundar - o peixe é sistemático e tudo tem que ser feito com a maior precisão para que um deles não saia ferido ou até mesmo morto do encontro. Por isso, ele tem o apelido de “peixe de briga”.

O Betta é originário da Tailândia e seu nome veio de uma tribo de índios onde os guerreiros eram chamados de Bettahs. A associação do nome veio pelo fato do lindo peixe macho ser extremamente violento, não podendo dividir o mesmo espaço com outros peixes Betta.

Os cuidados com a alimentação do peixe brigão são bem simples, eles podem ser alimentados duas vezes ao dia em poucas quantidades. Nunca se deve exagerar na comida. Caso fiquem sobras de alimento no aquário, este terá que ser removido para que estas sobras não sujem a água.

O peixe é muito resistente. Ele vive em águas sem oxigênio, portanto não precisa de filtros de água para esta ser oxigenada. Porém, a cada 15 dias deve-se trocar parcialmente a água do aquário, mas atente-se na quantidade de água colocada no aquário: muito cuidado para não encher próximo à borda, porque este peixe também possui o hábito de dar alguns saltos e isso facilitará para que ele caia para fora do aquário.

 

 

 

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização