BABESIOSE E ERLICHIOSE CANINA

AS DOENÇAS DO CARRAPATO

 

É muito comum encontrar carrapatos nos cãezinhos. Muitas vezes um bom banho é suficiente para se livrar desses temidos insetos (artrópodes), porém deve se ficar atento a sinais de duas doenças muito comuns: a Babesiose e a Erlichiose canina, ambas conhecidas como ‘doença do carrapato’. 

Como prevenir meu cão de ter a Doença do Carrapato:

- Verificar a presença de carrapato no cão com frequência;

- Desinfetar o ambiente onde o animal vive periodicamente;

- Usar produtos veterinários carrapaticidas como sabonetes, xampus etc;

- Manter a grama do jardim sempre curta;

- Estar atento aos hotéis para cães, pois se há algum cão infectado, ele poderá transmitir a doença através de outro carrapato do local.

Lugares preferidos dos carrapatos no corpo do cão. Verifique sempre:

- Região das orelhas;

- Entre os dedos das patas;

- Próximo aos olhos, nuca e pescoço.

Encontrei um carrapato no meu cachorro. Como devo retirar?

Arrancar o carrapato não é recomendado. Pode acontecer de tirarmos só uma parte do corpo e o resto ficar ainda aderido ao cão, podendo provocar infecções. O ideal é aplicar umas gotas de vaselina ou parafina ao redor, esfregá-lo um momento até que amacie um pouco a pele e depois tentar retirá-lo suavemente. Depois, coloca-se o carrapato no álcool para que morra e não escapem os ovos. Lave as mãos depois de manipulá-los.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização