Relacionamento Abusivo

O indivíduo abusado tem dificuldade para perceber que está nessa situação

As relações pessoais sejam no trabalho, no casamento ou namoro, na família e em diversas outras configurações estão diretamente relacionadas às nossas sensações de satisfação e contentamento na vida. Quase sempre, quando saudáveis, são essas reações que permitem a manutenção da nossa saúde mental. Pois bem, é também a má qualidade dessas relações que deterioram a nossa estima e vão minando nosso dia a dia.

Os relacionamentos abusivos estão entre as principais causas de sintomas depressivos e, muitas vezes, o sujeito abusado tem intensa dificuldade de perceber-se nessa condição, assumindo toda a culpa pelos problemas da relação e pelos sentimentos vividos.  Toda e qualquer relação de sujeição às ordens de outra pessoa em detrimento, incondicional, das próprias vontades é uma relação abusiva.

É importante que saibamos que esse contexto não está restrito aos aspectos sexuais e, tampouco, que o abusador é sempre um indivíduo de sexo masculino e o abusado de sexo feminino, apesar de muitas vezes sê-lo devido ao contexto social e cultural machista no qual vivemos.

Os abusos acontecem das maneiras mais sutis possíveis e o indivíduo abusador quase sempre age invertendo a configuração dos acontecimentos. Em geral, a vítima passa a achar que o outro agiu de forma egoísta e desrespeitosa por que ela não foi capaz de atender as expectativas ou, ainda, que seus erros são os causadores do desamor e desconsideração sofridas. 

Os sentimentos de culpa e derrotismo costumam aparecer no momento em que o indivíduo abusado sai da relação por se dar conta de que passou muito tempo sendo ludibriado, apesar das inúmeras pessoas que tentaram alertar para o risco dessa relação.

 Esse descontentamento consigo mesmo pode gerar sintomas graves que impedem a vivência de novas relações saudáveis.  Por isso, é importante observarmos que ser vítima de uma relação abusiva pode acontecer com qualquer indivíduo e que buscar ajuda de um profissional é um movimento que demarca o início da melhora.

 


Klyll Morais Carneiro
Médico psiquiatra e psicoterapeuta

 

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz Ourinhos: (14) 3322-2465
Filial Vitória da Conquista: (77) 3422-4233

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização