DR. ALEXANDRE NISHIMURA

Tecnologia a favor da vida

 

Históricamente, a tecnologia sempre contribuiu a favor da vida e do bem estar. E trazer os avanços, as técnicas inovadoras, os aparelhos mais evoluídos do mercado é papel de um profissional extremamente engajado em levar qualidade de vida ao maior número de pessoas.

É isso que tem feito o cirurgião Dr. Alexandre Nishimura, que traz para Ourinhos e região sua grande experiência médica. O profissional se formou em medicina na Universidade Gama Filho no Rio de Janeiro, fez residencia medica em cirurgia geral na Santa Casa de Valinhos/SP e se especializou em coloproctologia no Hospital do Servidor Público Estadual, em São Paulo. Sem se permitir parar de adquirir conhecimento, o médico finaliza neste mês sua pós - graduação em coloproctologia no Hospital Israelita Albert Einstein, referência em todo país.

Além da pós – graduação participa de diversos encontros científicos organizados pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP) e Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica (SOBRACIL), inclusive na qualidade de colaborador, ensinando outros médicos cirurgiões os primeiros passos na videocirurgia.

“Realizei vários cursos importantes como o IRCAD America Latina (Barretos/SP), Videolap (Araçatuba/SP), Cololap (Itu/SP), Johnson & Johnson Medical Innovation Institute (Sao Paulo/SP), entre outros. Sempre com o objetivo de levar novas técnicas e o melhor desempenho para os pacientes de Ourinhos e região”, disse o médico em entrevista à Revista +Saúde.

 

Videocirurgia

 

 

            O acesso videolaparoscopico, ou videocirugia, é uma técnica em que se opera através de uma camera de alta resolucão, e com instrumentos especiais de proporções reduzidas que entram na cavidade abdominal através de pequenos tubos. As imagens do campo operatório são observadas pelo cirurgião em um monitor de vídeo que amplia o tamanho, com riqueza de detalhes, as estruturas a serem operadas. É uma cirurgia minimamente invasiva porque reduz o grau de trauma das estruturas já que os acessos para a passagem dos instrumentos são diminutos, medindo de 0,5 a 1,4 cm. Realizada com anestesia geral, permite que o cirurgião faça as mesmas cirurgias que a via aberta, embora com incisões bem pequenas. O coloproctologista tem se especializado, cada vez mais em cirurgias videolaparoscopicas, e com isto, pode realizar cirurgias com incisões mínimas, ou imperceptíveis, para a retirada de tumores colorretais, endometriomas profundos e doença diverticular, permitindo uma recuperação mais rápida, com menor intensidade de dor, menor tempo para realimentacão e melhor efeito estético. “Hoje já é possível fazer a retirada de uma peça de intestino sem ‘abrir a barriga’ da pessoa. A cirurgia convencional deixa uma cicatriz enorme, além de todos os problemas que podem ocorrer na cicatrizarão e maior tempo para o retorno as atividades profissionais”, disse.

Em todo o centro oeste paulista, a cirurgia videolaparoscopica para tratamento de endometriose profunda, com retirada da peca cirúrgica pela vagina (Natural Orifice Specimen Extraction), so tem sido realizada pela equipe de Gineco-Coloproctologia de Ourinhos.

 

Colonoscopia

 

A colonoscopia é um exame através do qual o revestimento interno do intestino grosso é visualizado diretamente e em tempo real. Este procedimento permite  o exame, a coleta de material para estudo histológico, bem como a remoção de lesões pré - malignas sem a necessidade de intervenção cirúrgica. É um exame indicado na prevenção do câncer do intestino grosso, cuja incidência é crescente em ambos o sexos, à partir do 50 anos. Lembrando de que o câncer colorretal é o segundo mais comum entre as mulheres, e terceiro mais comum nos homens, tendo acometido em torno de 32.000 pessoas em 2014 no Brasil. Além disto, quase 75% dos novos casos, os pacientes só apresentam sintomas em estágios avançados da doença.

 

Doppler

 

O médico realiza também uma técnica pouco conhecida e muito eficaz para um problema super desconfortável e dolorido, as hemorróidas. Chamada Dearterialização Hemorroidária Transanal guiada por Doppler (THD), a cirurgia é realizada sem corte, sem dor, com rápida recuperação e mínimo risco de complicações pós - operatórias.

O Doppler é um equipamento de ultrassom que identifica o fluxo sanguíneo, assim podendo ser realizado um tratamento mais individualizado. Durante a cirurgia, ele é inserido no canal anal do paciente para identificar o pulso, e com isto, o cirurgião costura a veia em um ponto específico, cessando a causa da doença. Deste modo, o paciente sente muito menos dor, retorna em menor tempo as atividade profissionais, com melhor cicatrizacão.

 

 

Além das técnicas cirúrgicas inovadoras, Dr. Alexandre Nishimura faz o tratamento de doenças do intestino, reto e ânus, como as doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn ou Retocolite Ulcerativa), cisto pilonidal, doença diverticular, fístulas e abscessos anorretais, incontinência anal, constipação, pólipos intestinais, neoplasias, entre outros.

 

Onde encontrar?

 

Em Ourinhos, Dr. Alexandre Nishimura atende no CIMA (Centro Integrado de Medicina Avançada), na Neoclin (Núcleo de Especialidades Oncológicas e Clinicas), em Jacarezinho, além das Santas Casas de Assis e Ourinhos. O médico também está em processo de cadastramento no corpo clínico no Hospital Israelita Albert Einstein,para no futuro disponibilizar aos pacientes a possibilidade de realizar procedimentos cirúrgicos em grandes hospitais da capital e fazer o pós - operatório perto de sua casa.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz (14) 3322-2465

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização