Praticar exercício a noite é ruim?

Tudo vai depender da individualidade biológica de cada pessoa!

Acordar cedo pode ser uma tortura para quem adora ficar adiantando aqueles cinco minutinhos no despertador para dormir um pouco mais. Se levantar já é uma tarefa difícil para aqueles trabalham, imagine para ir à academia logo cedo...pode ser uma missão quase impossível para muita gente! Além disso, com a correria da rotina diária, muitos acabam preferindo praticar atividades físicas durante a noite por conta da falta de tempo durante o dia. Mas será que isso faz mal para o nosso corpo?

A educadora física Cau Saad, e também especialista em nutrição esportiva do Instituto Cau Saad, em São Paulo, afirma que as possibilidades da prática de exercícios físicos são infinitas e a intensidade deles variam muito, por isso existem alguns prós e contras de se treinar no período da noite. “O positivo é que possibilitam as pessoas de fazerem atividade física ao ar livre, pelo fato de não estar tão calor e nem haver exposição solar, pois não há aumento significativo da temperatura corporal e são menores os efeitos da radiação na pele. Sem esquecer das pessoas que se sentem melhor durante um treino noturno, pois também existem questões hormonais e fisiológicas, mas nada que tenha relevância nos resultados”, explica a Cau.

Mas não existe um período do dia ideal para se treinar. Tudo vai depender da individualidade biológica de cada um. Para algumas pessoas, praticar atividades físicas a noite pode ser um fator negativo para quem tem dificuldades para dormir. “O nosso batimento cardíaco fica elevado, nos deixando com a sensação de estarmos mais ‘acelerados’, isso demora um determinado tempo para ser normalizado, mesmo depois de finalizar a atividade física. Por esse motivo a pessoa pode demorar um pouco mais para conseguir pegar no sono”, esclarece a educadora física.

Mas por que isso ocorre? Primeiro precisamos entender o que acontece com o nosso corpo quando estamos fazendo alguma atividade física. De acordo com Cau Saad, liberamos endorfina, adrenalina, noroadrenalina, aumenta-se o metabolismo, a musculatura se tensiona e a temperatura corporal fica ainda mais elevada, além de outras funções que agem diretamente no nosso corpo. “A depender da intensidade do treino do sujeito, essa liberação hormonal será mais ou menos intensa no nosso organismo”, pontua.

Agora vamos falar do que acontece durante o nosso sono: são 4 fases e a REM (Rapid eye moviment), a fase mais profunda do sono. “Para termos 100% de restauração energética, precisamos cumprir os estágios de 1 a 4, que tem como objetivo principal o descanso e relaxamento.  Pessoas que tem insônia normalmente não conseguem passar do estágio 1 e as pessoas com má qualidade de sono raramente completam o ciclo com o sono REM”, conta Cau.

Se você considera que o ciclo do seu sono esteja correto, a educadora física orienta para prática de atividades físicas mais intensas até quatro horas antes de ir para a cama, mas isso não garante a função reparadora para o seu corpo e pode ser que todas as fases do sono não sejam cumpridas. “Se a pessoa realmente possui algum distúrbio do sono, sedentarismo ou insônia, recomendo atividades como caminhada, pilates, hidroterapia, prática de respiração, ioga, entre outras”, indica a especialista. 

O ideal é sempre experimentar os horários do seu dia e descobrir com qual deles você irá se adaptar melhor. E também não há um tipo de exercício físico para a prática ser exclusivamente noturna. “Devemos respeitar a individualidade biológica de cada qual, pois o mais importante é praticar a atividade física regularmente. O melhor horário é aquele que você não vai furar o treino e ter uma prática regular!”, destaca Cau Saad.

 

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz (14) 3322-2465

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização