Perda Auditiva

Será que tudo que escutamos sobre a audição é verdade?

Limpar o ouvido com cotonete frequentemente pode causar perda auditiva? E escutar música muito alta no fone de ouvido? Surdez só afeta pessoas idosas? Essas são algumas das perguntas que mais costumamos ouvir das pessoas sobre esse assunto. A perda auditiva é um problema com diferentes causas e que pode acometer pessoas em todas as idades. A fonoaudióloga Andrea Abrahão, da rede Direito de Ouvir, desvenda alguns mitos e verdades sobre a perda auditiva e lembra que conhecer algumas informações básicas é importante para prevenir problemas e preservar a audição sadia pelo maior tempo possível.

 

Perda auditiva não tem solução - MITO

Na maioria dos casos, a perda auditiva pode ser tratada com o uso de aparelhos auditivos. Cada vez mais modernos e confortáveis, estes dispositivos amplificam os sons, ajudando as pessoas a reabilitarem sua audição.

 

A surdez afeta basicamente pessoas idosas - MITO

Com o envelhecimento natural, ocorre a diminuição e declínio fisiológico das células auditivas. Normalmente por volta dos 60 anos, a pessoa começa a ter dificuldades de audição e compreensão da fala, por isso é comum queixas de “ouço, mas não entendo”. Se não diagnosticada e tratada corretamente, a presbiacusia – nome da perda causada pelo envelhecimento natural - pode trazer muito prejuízos para os idosos, como isolamento pela incapacidade de comunicação e até depressão.

 

Não é preciso usar hastes flexíveis para limpar o ouvido - VERDADE

É que o ouvido tem mecanismos próprios que empurram o excesso de cera para fora. Basta tirar esse excedente na parte externa com um tecido macio, como a ponta de uma toalha. O uso das hastes dentro do conduto auditivo pode empurrar a cera na direção da membrana timpânica, causando surdez ou até mesmo lesões no tímpano. Por isso, evite tanto a introdução das hastes quanto de outros objetos como grampos, tampas de caneta ou palitos.

 

Ouvir música alta nos fones de ouvido pode causar surdez - VERDADE

A perda auditiva acontece porque o som alto causa danos nas células sensoriais auditivas e elas não voltam a se regenerar. O limite máximo de exposição a sons recomendado é de 85 decibéis, com um tempo de exposição que não ultrapasse as 8 horas.

 

Barulhos como o do secador de cabelo não fazem mal para a audição - MITO

A exposição prolongada a ruídos acima de 85 decibéis pode causar danos à saúde auditiva. O uso de protetores auriculares seria um ponto importante para evitar problemas auditivos futuros. Assim como a realização de exames auditivos frequentes para monitorar a audição.

 

Alguns remédios podem prejudicar a audição - VERDADE

Existem cerca de 200 medicamentos ototóxicos (antibióticos como a estreptomicina usada no tratamento da tuberculose, diuréticos e até algumas substâncias à base de ácido acetilsalicílico) que podem causar danos ao sistema coclear e vestibular – estruturas importantíssimas para a audição. Como muitas vezes é difícil para o paciente conhecer essa lista, vale perguntar para o médico sobre os riscos do medicamento e fazer exames frequentes de audição para monitorar possíveis perdas auditivas caso tenha a necessidade de fazer uso de remédio ototóxico.

 

Fumar pode causar zumbido - VERDADE

Vários estudos realmente apontam a relação do tabagismo com perdas auditivas e, consequentemente, com o desenvolvimento de zumbido. Um estudo da Universidade de Manchester, no Reino Unido, por exemplo, apontou que fumantes têm 15% a mais de chances de sofrer de perda auditiva. O levantamento considerou os dados de mais de 50 mil voluntários, que foram observados desde o ano de 2007.

 

Infecção de ouvido pode causar perda auditiva - VERDADE

As otites, popularmente conhecidas como infecções de ouvido, podem sim causar perda auditiva caso aconteçam de maneira repetitiva. É preciso ficar atento principalmente às crianças – por uma questão fisiológica de terem o canal que liga a tuba auditiva ao nariz mais curto e horizontal – que sofrem frequentemente com as infecções. Para evitá-las, o ideal é manter os ouvidos sem acúmulo de líquidos, tratar gripes e problemas respiratórios que também pode causar problemas auditivos.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz Ourinhos: (14) 3322-2465
Filial Vitória da Conquista: (77) 3422-4233

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização