De olho no xixi!

A Doença Renal Crônica é um mal silencioso e não tem cura!

Sabemos que não é possível retardar o envelhecimento dos nossos melhores amigos, mas podemos garantir que eles tenham qualidade de vida enquanto estiverem do nosso lado. Por isso, a saúde dos pets não pode ser deixada de lado! Assim como nós, seres humanos, os animais de estimação também podem desenvolver problemas de insuficiência renal, principalmente se eles estão alcançando uma idade mais avançada, pois os rins tendem a diminuir a eficiência e não conseguem mais “dar conta” de todo o trabalho. Mas é possível proteger o seu pet desse mal!

“A Doença Renal Crônica (DRC) é um dos males que mais acometem cães e gatos. É uma doença silenciosa, progressiva e não tem cura, podendo levar a morte. Tanto que chega a ser a 2ª causa mais comum de morte entre os gatos idosos e a 3ª entre os cães”, afirma Mônica Magalhães, médica veterinária da Clínica Vida Animal, em Vitória da Conquista.

Os fatores hereditários podem ser uma das principais causas para o desenvolvimento da DRC, além de infecções, inflamações ou tumores. Porém, os sintomas clínicos da doença demoram a aparecer e por vezes é difícil notar alterações significativas na condição do animal. Quando o problema começa a se manifestar, os rins do seu amigo já podem estar com cerca de 75% do funcionamento comprometido. Por isso, o diagnóstico precoce é a melhor opção para reduzir o agravamento da situação.

“Os principais sintomas que podem ser observados são: o aumento da sede e maior volume de urina que vai se tornando mais clara. Eu vejo que os tutores têm uma preocupação quando a urina do animal está muito amarela, mas é ao contrário, pois devemos nos preocupar quando ela está muito clara, isso já é um sinal de que já não está havendo concentração e o rim não está funcionando bem”, explica a veterinária. Além disso, Mônica ainda ressalta que o animal pode apresentar perda de peso, vômitos recorrentes, úlceras na boca (principalmente na mucosa e na língua), diarreia e os pelos começam a ficar um pouco mais ressecados. Perceba também as mudanças que ocorrem no comportamento do animal, pois eles costumam ficar mais apáticos e tristes pelos cantos da casa.

Se você notou que o seu bichinho está apresentando alguns desses sinais, é hora de levá-lo ao veterinário. O diagnóstico da insuficiência renal é feito por meio do exame de urina, da ultrassonografia e, principalmente, pela dosagem de duas substâncias presentes na corrente sanguínea. Se a doença for descoberta, parte-se imediatamente para as ações de tratamento que visam melhorar a qualidade de vida do animal.

“Tem medicamentos que nós usamos a depender do grau de estágio da doença em que esse animal se encontra. A base fundamental do tratamento é a nutrição, que é uma conduta terapêutica aliada à medicação para ajudar a prevenir a desnutrição proteica”, explica a especialista. Portanto, uma dieta especial prescrita pelo médico veterinário deverá ser uma das principais armas contra a DRC, pois a partir dali a alimentação precisará ter baixo teor de sódio, fósforo e proteínas, pois elas colaboram para a evolução da doença. Normalmente indica-se o uso de ração comercial específica ou de dieta caseira balanceada. Mais uma vez vale lembrar: tudo isso sob recomendação veterinária, respeitando a individualidade de cada animal. Além disso, mantenha o animal sempre muito bem hidratado!

Mesmo que você ofereça a melhor alimentação e todo o carinho do mundo, seu pet pode desenvolver problemas, ainda mais na velhice. O melhor que você pode fazer pelo seu amigo de quatro patas é zelar pela sua saúde levando-o ao médico veterinário regularmente para fazer check-up anuais com exames de sangue para verificar as taxas de ureia e creatinina, pois são elas que dirão se o rins estão em pleno funcionamento. Afinal, a melhor forma de manter o seu bichinho por mais tempo perto de você é com prevenção!


Monica Pinheiro de Magalhães,
Médica Veterinária

CLÍNICA VIDA ANIMAL
Av. São Geraldo, 1125, Alto Maron, Vitória da Conquista-BA
Fone: (77) 3425-1054

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz Ourinhos: (14) 3322-2465
Filial Vitória da Conquista: (77) 3422-4233

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização