Tania Khalill

Nos palcos da vida Bailarina, modelo, atriz, apresentadora e ainda canta!

Muitas são as facetas de Tania Khalill no mundo artístico. Do ballet – onde tudo começou – parece ter herdado a leveza e o equilíbrio necessários para lidar com sua vida pessoal e profissional. De voz doce, sorriso largo e postura marcante, Tania construiu sua vida sobre os palcos, mas o reconhecimento popular veio por meio de suas atuações em novelas da Rede Globo. Desde 2013, no entanto, vem se dedicando quase que integralmente ao teatro, buscando aprimorar e amadurecer suas habilidades.

A mãe da Isabela e da Laura, ainda participa do projeto “Grandes Pequeninos”, de autoria dela e de seu marido Jair Rodrigues, que conta com a participação das filhas e tem sido sucesso na TV, no teatro e na Internet, tendo rendido até uma indicação para o Grammy Latino de melhor álbum infantil. A atriz, que já começa 2017 com novidades na TV e no cinema, fala também da sua busca por autoconhecimento, de como se mantém em forma e como é lidar com vida pessoal e profissional tendo uma agenda tão cheia. 

 

Revista +Saúde - Você começou como bailarina e foi parar na TV, atuando em diversos campos artísticos, como uma “coisa puxou a outra”?

Tania Khalill - Ah, eu acho que uma coisa sempre puxa a outra, né? Foi o ballet que me deu visibilidade e me levou a fazer trabalhos publicitários como modelo. Daí eu quis estudar para me tornar uma atriz e agora sou uma apresentadora também. O que poucos sabem é que no meio de tudo isso, eu ainda me formei em psicologia. Eu acho que isso é parte da minha caraterística inquieta, de querer buscar conhecimento e de me conhecer principalmente.

 

+Saúde - E ainda há algo que você sonhe em realizar profissionalmente?

TK - Apesar disso tudo, eu ainda acho que estou só engatinhando. Há muitas coisas que eu ainda quero realizar. Primeiro, claro, me aprimorar nessas em que eu já comecei, especialmente como atriz, em que o amadurecimento é eterno, diário e muito ligado ao autoconhecimento e às experiências de vida. E eu amo estudar, eu amo observar, assistir coisas que me nutram profissionalmente. Eu amo o que eu faço!

 

+Saúde - O público sente saudade de você nas novelas. Mas, e você, também sente saudade delas? Qual é a grande diferença entre o palco e a telinha?

TK - Faz quase três anos que eu não faço novela e eu sinto muita saudade. Mas nesse tempo eu tenho feito uma peça atrás da outra, o que tem me alimentado muito como atriz e me mostrando o que realmente busco. No teatro eu posso fazer coisas muito novas e diferentes, mais aprofundadas, com personagens mais desenhados, mais intensos. Coisas que eu ainda não tive a oportunidade de fazer na TV...ainda! São personagens que não têm propriamente a minha cara num primeiro momento, o que me faz ir atrás para pesquisar um corpo diferente, uma voz nova, um sotaque. Então eu acho que eu estou no meu momento mais nutrida como atriz até agora. E o teatro tem me trazido isso.

 

+Saúde - Para matar um pouquinho dessa saudade do público, em 2017 você aparece em uma série e em um filme. Fale-nos um pouco desses projetos.

TK - Sim! Eu estarei no ar na próxima temporada de “Os homens são de marte”, do Canal GNT. E eu estou muito feliz em poder trabalhar com a Mônica Martelli, porque sou muito fã dela. É uma série que realmente fala com a mulher madura, tratando dos questionamentos do universo feminino, dos amores. Estou me divertindo muito durante as gravações e os episódios vão ao ar em breve. E também fiz um longa que estreia no início de 2017. Foi um trabalho muito especial, principalmente por contar com tanta gente jovem e talentosa. O filme é do Christian Figueiredo, um youtuber que é muito famoso entre os adolescentes. Eu faço a sogra dele num momento do filme, tendo o Ceará, que é um humorista sensacional, como par.

 

+Saúde - Além de todo seu talento e beleza, você também ficou muito conhecida por ser casada com o Jair Rodrigues, nosso querido Jairzinho. Como é manter um relacionamento estável quando os dois têm uma agenda tão cheia?

TK - Sim, somos casados e mantemos uma relação muito saudável, muito feliz e também cheia de desafios por agendas diferentes, projetos às vezes distantes. Mas a gente se respeita e se admira muito, então faz durar os nossos quase 16 anos de relacionamento.

 

+Saúde - O relacionamento já rendeu dois belos frutos, que parecem ter nascido com a veia artística dos pais. A família toda está no ar com o Grandes Pequeninos Chef, no Discovery Kids – projeto seu e do Jair. Como a ideia surgiu e foi parar na TV?

TK - O projeto dos Grandes Pequeninos começou com o nascimento da Isabela, nossa primeira filha. O Jair começou a compor músicas despretensiosamente para o dia a dia dela, como a hora do banho, passeio com o papai, a hora do “mamá”, do dormir. Até que um dia eu falei para ele “cara, isso tem que virar um disco”. A resposta dele na hora foi “imagina”, mas acabamos fazendo o Grandes Pequeninos I, que foi um sucesso, concorrendo ao Grammy Latino, e ficamos em cartaz com a peça – um musical. Depois eu emendei uma novela atrás da outra, até que veio a Laurinha, e o Jair voltou a compor músicas infantis e focamos novamente no projeto. Hoje estamos na plataforma Play Kids; temos canais no youtube, inclusive com programa ao vivo; um novo show, “O Mundo é Grande e Pequenino”; e o programa Grandes Pequeninos Chef, no Discovery Chanel, com as nossas filhas. Esse projeto tem sido uma realização pessoal e profissional, é muito vivo e muito mágico no meu aprendizado como atriz.

 

+Saúde - Aliás, elas sonham em seguir os passos dos pais ou por enquanto é só por diversão?

TK - A Isabela e a Laura adoram participar das coisas com a gente. O programa, por exemplo, é delas, nós estamos ali como pais. E elas fazem isso como uma brincadeira! Se elas vão querer seguir ou não, a gente deixa a cargo do destino e do desejo delas, até para que elas possam observar e amadurecer a ideia, se isso tem a ver com elas ou se é só um reflexo de serem nossas filhas.

 

+Saúde - Ah, e a Tania Khalill gosta de cozinhar? Deve ser difícil manter uma dieta regulada quando se tem duas crianças em casa.

TK - Hmm...eu não gosto tanto de cozinhar. Mas eu gosto bastante de comer [risos]. Então, “para não chutar o balde nessa equação”, às vezes eu cozinho coisas leves e me controlo para seguir a linha e meu corpo estar em forma para o show, para a peça e também para me sentir saudável. Eu também sempre dancei, pratiquei exercício físico, então isso já é minha rotina. Não me sinto bem se não me exercito e não me alimento bem. E as crianças também! Como crianças, claro, elas gostam de comer algumas, digamos, besteirinhas, como doces, salgadinhos e tal, e a gente libera, porque no geral a alimentação delas é muito saudável.

 

+Saúde - Sabemos que conciliar família, vida profissional e pessoal não é nada fácil. Mas nos conte, mulher, como você faz para manter essa boa forma e esse sorriso tão contagiante de sempre?

TK - Primeiro, obrigada pelo “sorriso contagiante”! [risos] É uma jornada, né, manter a vida familiar e a profissional, mas não é diferente de todas as mulheres que fazem isso em outras profissões. A diferença é que na vida de atriz há uma exposição grande e exige às vezes uma distância maior do que em outras áreas. Mas no geral a jornada, o desejo que dê certo, o afinco é o mesmo. Me sinto uma mulher sortuda e batalhadora como todas do nosso incrível país.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização