Novembro Azul: pela saúde integral do homem

As doenças que mais afetam os homens podem ser prevenidas com a conscientização!

Além de ser um mês de combate e prevenção contra o câncer de próstata, o Novembro Azul também se tornou um movimento permanente que contempla a saúde integral do homem em qualquer época do ano. A proposta é sempre mobilizar e alertar a população masculina para os cuidados primordiais com a saúde seja na infância, na adolescência, na fase adulta ou na terceira idade.

Muitas pessoas ainda costumam pensar que é somente o câncer de próstata que acomete o homem maduro, mas na realidade existem outras doenças que acabam passando despercebidas. “O primeiro tipo de câncer que mais afeta os homens adultos realmente é o da próstata, seguido do câncer de bexiga, rins, testículos e mais raramente o câncer de pênis. Mas são todas doenças sérias que merecem ser enfocadas dentro do cuidado com a saúde masculina na campanha do Novembro Azul”, destaca o urologista Flávio Trigo, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo (SBUSP).

 

DOENÇAS MAIS COMUNS DO HOMEM (fonte: adaptado Lado a lado pela vida)

Infância                               Adolescência                    Vida Adulta                       Terceira Idade

Fimose                                Arritmia Cardíaca             Cálculo Urinário               Câncer de Próstata

Infecção Urinária                  Disfunção Erétil              Câncer de Bexiga                Câncer de Rim

Prostatite                                    DST                             Câncer de Pênis                         AVC

Enurese Noturna              Ejaculação Precoce         Câncer de Testículo           Câncer de Pulmão         

                                                Diabetes                     Incontinência Urinária               Andropausa

                                                                                          Melanoma                     Todas as outras citadas

                                                                                     Hipertensão Arterial

                                                                                              Infarto

Câncer de Próstata

No Brasil, mais de 61 mil casos de câncer de próstata são diagnosticados por ano, de acordo com uma pesquisa divulgada em 2016/2017 pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). É uma das doenças que mais atingem os homens com mais de 65 anos de idade. Por meio do exame preventivo ou exame de toque, que deve ser feito anualmente em homens a partir dos 50 anos, o urologista irá detectar qualquer alteração na próstata e, caso necessário, irá solicitar outros exames para diagnosticar a doença, como o PSA (Antígeno Prostático Específico), o ultrassom transretal e a biópsia da glândula para análise.

Câncer de Pênis

Esse é o segundo tipo de câncer exclusivamente masculino que mais afeta os homens no Brasil. Tem como fatores de risco a genética, a presença de fimose, tabagismo, Papiloma Vírus Humano (HPV) e, principalmente, problemas com a falta de higiene. É um tipo de câncer que atinge as camadas mais baixas da população masculina. Nos casos diagnosticados tardiamente é necessária a amputação do órgão.

Câncer de Testículos

É o tipo de tumor menos frequente na população masculina e o seu aparecimento está ligado a fatores genéticos ou a criptorquidia (testículo que não desce para a bolsa escrotal). O câncer de testículos acomete homens mais jovens, de 20 a 30 anos, em idade produtiva. A manifestação mais comum de que talvez exista um tumor nessa região é o aumento do testículo sem qualquer tipo de dor.

 

A prevenção é o caminho

O urologista Flávio Trigo destaca que em todos esses casos os sintomas são quase inexistentes, principalmente em se tratando do câncer de próstata. Mas, tanto para o câncer de pênis quanto para o câncer de testículos, o homem deve ter sempre o hábito de se observar e fazer o autoexame e, caso note qualquer irregularidade, deve procurar a ajuda do profissional que irá ajudar a detectar o problema e escolher o melhor tratamento a fim de erradicar a doença. “Quando nós detectamos o tumor ainda no começo os índices de cura são muito altos, chega a 80 a 90%. Costumamos dizer que é menos grave do que ter um infarto ou uma diabetes grave, a taxa de mortalidade é muito menor”, revela o médico.

Então não existe segredo! A melhor forma de se manter livre dessas doenças é com prevenção e a conscientização de que todos os cuidados com a saúde do homem devem ser tomados. “É importante manter sempre a higiene, a observação do próprio corpo, hábitos de vida saudáveis e, principalmente, para reforçar esse mês de campanha, alertar todos os homens para irem ao urologista realizar o exame preventivo contra o câncer de próstata”, destaca o urologista.

E é sempre aquele mesmo ditado: prevenir é sempre melhor do que remediar! E também traz menos desgaste emocional e dores de cabeça. 

ASSINE NOSSO BOLETIM

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da revista

Matriz Ourinhos: (14) 3322-2465
Filial Vitória da Conquista: (77) 3422-4233

Matriz: contato@grpmais.com.br
Redação: redacao@grpmais.com.br

Matriz:
Rua Benjamin Constant, 499 
Vila Moraes - Ourinhos/SP
CEP: 19.900-041
 
Filial: 
Avenida Expedicionários, 753, Sala 1 
Cond. Vilarejo | Bairro Recreio - Vitória da Conquista/BA
CEP: 45.020-310

A REVISTA +SAÚDE FAZ PARTE DO GRUPO GRPMAIS
Revista +Saúde © Todos os direitos reservados

+SAÚDE na web:

Mudar minha localização